23/11/2015

Brilhante reportagem sobre o caso dos Submarinos

Corrupção: A Alma do Negócio, é uma excelente reportagem feita por António Cascais para a televisão pública alemã que põe a nú um dos mais polémicos casos de corrupção em Portugal.

Pouco tempo depois de o estado português ter pago mais de 1.000 milhões de euros (cerca de 10% da massa salárial da função pública durante um ano), por dois submarinos, declara não ter dinheiro para salários, e pede a intervenção externa. 

Estes dois submarinos Tridente e Arpão, foram entregues com uma série de problemas técnicos, tendo ficado parados pouco tempo depois da sua aquisição, não só por motivos de manutenção, mas também por alegada falta de verbas para combustivel. Segundo o contrato de aquisição, o Tridente e o Arpão, farão manutenções sempre na Alemanha, durante 30 anos, custando 5 milhões de euros, por ano e por submarino.


Esta reportagem que conta com declarações de Paulo Morais, Henrique Neto ou a Eurodeputada Ana Gomes, aborda não só o envolvimento de personagens como Paulo Portas ou Durão Barroso (que de seguida é nomeado Presidente da Comissão Europeia), como também as promessas vãs de contrapartidas contratuais que nunca se concretizaram, tendo sido essas mesmas contrapartidas, factor de escolha do consórcio alemão.

Segundo estas contrapartidas, seria enviado para Portugal tecnologia de ponta (que não passou de envio de sucata), e encomendas ao Estaleiro Naval de Viana do Castelo que nunca chegaram. Conta-se aqui também com testemunho de tentativas por parte da Ferrostaal, de aliciar empresas portuguesas á falsificação de declarações que permitissem "provar" o cumprimento de tais contrapartidas.

Aborda também a envolvência do estado português em afastar arguidos de corrupção neste caso da justiça portuguesa assim como o envio de somas de dinheiro por parte da Ferrostaal para países onde mantém presença negocial, incluindo 30 milhões de euros para Portugal.

Os principais estaleiros alemães, praticam quase em exclusivo este tipo de industria e fornecimento militar, sendo que milhares de empregos alemães dependem deste tipo de contratos. Esta reportagem aborda também a conivência das autoridades alemãs e revela documentos que o Tribunal de Munique não queria ver divulgados.

43 minutos a não perder de absoluto nojo por esta gente toda !




8 comentários:

  1. Este corrupto já devia estar preso porque motivo o srº juíz Carlos Alexandre mandou arquivar o processo dos submarinos? A srª procuradora mais os procuradores deste processo deviam ter pedido a sua demissão a uma vergonha para a justiça Portas, Passos, Macedo, Marco António, Loureiro,Limas,Cavacos,estes já há muito que estavam atrás das grades

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por aqui se vê a aflição deles em arranjarem escândalos atrás de escândalos com o Sócrates...... enquanto andarem atrás deste não se fala de Portas e Companhia e se a COMPANHIA
      é grande !!!

      Eliminar
  2. CALOTEIROS E ALDRABÕES COMO POR AZAR CHEGAM DOS MESMOS PARTIDOS, DESGOVERNARAM E METERAM PORTUGAL NA RUINA, MAS ELES OS CORRUPTOS VIVEM NA MAIOR.....................
    Bela justiça, um pobre rouba 1L de leite é preso, estes bandidos andam livres.

    ResponderEliminar
  3. AQUI SE VÊ A JUSTIÇA QUE NÃO É IGUAL PARA TODOS. DESTROIEM UM PAIS..

    ResponderEliminar
  4. VÊ A CORRUPÇÃO A TROIKA E BANCA ROTA CLICA ACIMA;..CLICA..30 MILHÕES QUE DESVIARAM..
    QUE FEZ VIR LOGO A TROIKA.

    ResponderEliminar
  5. É o que dá votar nos corruptos de sempre... O povo tuga ignorante ainda não aprendeu que votar nos mesmos não faz a situação do país mudar... Depois vêm pra net reclamaar..

    ResponderEliminar
  6. Sabem porque isto acontece? São as maiorias absolutas. Como podemos ver esta gente deveria de estar na cadeia, mas não está. Maiorias absolutas nunca mais, há que dividi-los para sabermos depois das maningancias quando se zangam.

    ResponderEliminar